Carta de um Cristão confuso.

Postado em 30. mar, 2011 por em Extravasando

A carta a seguir foi escrita por M e encontrada no chão de um quarto amassada , estava molhada como se alguém estivesse chorado ao escrevê-la, a mãe do rapaz me entregou a alguns dias preocupada com o filho pediu nossa oração e conselho. Com autorização dele resolvi divulgar, porque pode também refletir as perguntas de alguém e pode abençoar outros. Deixe seu comentário abaixo, veja a carta a seguir .

Deus, como vai você? Tudo bem. Creio que sim, aí nos altos céus reina a paz que o Senhor tem acho que nada abala o teu lar. Resolvi te escrever hoje por estar cansado, cansado de lutar e de sofrer na luta contra o meu Eu. Deus é difícil muitas vezes compreender o seu querer, eu pensava que ser cristão seria fácil, só obedecer um livro de regras e tudo estaria bem, ledo engano.

Nos últimos anos, tem sido difícil compreender algumas coisas, olho pro mundo ao meu redor cheio de sofrimento na pele, no coração e na alma do homem. A morte é uma coisa normal, a gente vê na tv como se não fosse mais nada, a vida perdeu seu lugar. Tentar compreender o teu querer não é fácil no meio disso tudo. Tudo coopera para o meu bem, como é isso pode me explicar? Não consigo dormir, olho pra bíblia e pro meu viver, tentar te agradar é me submeter a tua vontade e isso seria fácil se a minha carne não lutasse tanto contra, pois nem sempre tua vontade é o meu prazer.

Como se não bastasse essas questões, vejo no meio da Igreja uma hipocrisia sem fim, pessoas que não pensam nos que ali estão, claro isso não é uma maioria, mas o Senhor sabe o que dizem uma maçã podre pode fazer apodrecer todas as maçãs da árvore. Tenho orado pra que a verdade da sua palavra seja pregada e seja vivida em nosso meio, tantas invenções tem feito os homens pra dizer que a verdade está além da bíblia às vezes até manipulando versículos, saindo eixo central que é a verdade dos ensinos de Cristo, tenho orado e falado pra meus amigos sobre isso, o que posso fazer mais?

O Senhor sabe que sou solteiro, já namorei umas meninas que eram direitas, mas o Senhor sabe né, a carne é fraca e as vezes não consigo deter, tem algum jeito de você me ajudar nisso também? Nesses 26 anos de vida tenho obedecido meus pais, respeitado meu pastor, buscado ser o melhor pra o Senhor, mas fico me perguntando se isso vai me fazer mesmo ir pro céu? Eu caio, levanto, caio de novo, mas insisto quero saber melhor quem é você tem gente que te chama de pai, outros de amigo, uns de irmão e sabe  que até me falaram que o senhor fala com voz no ouvido da gente? Porque você ainda não me fez esse carinho? Quero tanto te ouvir.

Fico curioso com o meu futuro, no momento o Senhor tem visto que estou trabalhando bastante e estudando também. Lá na facul, me chamam de careta, tento me enturmar e como não bebo ninguém me chama nem pra um café. Tentei evangelizar, mas não consegui, as pessoas falam que acreditam em Deus e não precisam de mais nada, será isso suficiente, devo desistir, o que fazer? Olho de novo pra igreja e vejo os amigos que tenho só nos cultos, ás vezes um cinema,um café e porque Deus os que vão ao bar estão sempre juntos? Sou Eu o errado?

Acho que já enchi o saco né? Falei demais, espero que me respondas de algum jeito, não esquece tá?

Essa carta foi reflete suas dúvidas para com Deus, o que você acha que ele responderia ao autor?

Fiquem na paz.

Comments

comments

Powered by Facebook Comments

Tags: , , , , , , , ,

8 Responses to “Carta de um Cristão confuso.”

  1. Vanessa

    30. mar, 2011

    Ana, se eu pudesse responder ao autor da carta, escreveria algo como:
    Querido irmão, muitas vezes só compreendemos as respostas de nossos questionamentos no caminhar da vida, outras vezes, nem respostas obtemos…
    O que gostaria que soubesse é que você não está nesta luta sozinho: muitos pensam como você; outros estão aqui só para ajudá-lo a enxugar suas lágrimas; outros lhe darão conselhos… O importante é estar de olhos abertos, de ouvidos atentos e de mãos estendidas para receber a sabedoria e o entendimento que nos ajudam nesta longa jornada.
    Estou contigo em oração!

  2. Tininha

    30. mar, 2011

    Ah! Aninha…
    Tenho comigo tantos questionamentos…
    Não sei expôr. Só choro na maioria das vezes. Entendo bem a dor desse rapaz e tudo que posso dizer é que no nosso silêncio ainda podemos esperar a salvação do Senhor. Não tenho respostas. Nem sei se estou esperando ainda… Mas respiro e enquanto houver folêgo quero viver e ser alguém que mesmo diante de tantos conflitos e limitações ainda pode refletir AMOR, a essência de Deus que está escassa no mundo (não o mundo secular, somente…)
    Bjks

  3. Caleri

    31. mar, 2011

    Olá Aninha!
    Eu não sei o que o Pai responderia ao autor, certamente o consolará com seu amor. Mas, eu gostaria muito de pedir perdão para ele, pois o que sua carta reflete não são apenas dúvidas, mas, a falta de amor e unidade entre nós cristãos.

    Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Eclesiastes 4:10

  4. Janise

    31. mar, 2011

    Mas no fundo viver é isso, é essa luta constante contra carne. Mas esse rapaz está indo bem, ele não desistiu de Deus, sabe que a resposta e conforto vêm Dele. E é isso que ele tem que perceber, que não importa amigos ou igreja, mas que ele pode contar com Deus, mesmo que ele não entenda muita coisa ou não obtenha todas as respostas às suas indagações.
    Nem tudo tem resposta simples e o desafio é confiar em Deus, sem entender, sem ver, sem duvidar, sem desistir.

  5. Rodrigo

    31. mar, 2011

    Belo texto Ana.

    Quase um manifesto da juventude comprometida com o Reino, e suas fraquezas diárias.

    A vida crisa é uma caminhada em que Cristo se revela no caminho, no dia-a-dia. Onde nossas lutas e dúvidas são expostas.

    Mas a resposta final, não é nesse mundo, mas no porvir.

    Como o Jesus disse a Paulo: A minha graça te basta.
    Basta para cada dia, mesmo em meio ao mal, EU SOU.

    Abs

  6. Alexandre Milhoranza

    31. mar, 2011

    Diante de todos os nossos questionamentos existenciais A resposta de Deus sempre foi: Eu estarei contigo. Isso deveria nos bastar, mas, em uma geração pós moderna que prefere ver pra quer este desafio aumenta consideravelmente.

    Os desafios de Deus continuam o mesmo. Não depender de nós mesmos, mas apenas dele unicamente.

  7. Lou Mello

    01. abr, 2011

    o que você acha que ele responderia ao autor?

    Acho que ele responderia: Ana, Eu sou, serei sempre contigo.

  8. Rosane

    05. abr, 2011

    Leia:
    Malaquias 3:13 a 18;
    1 João 2:15 a 17
    Efésios 5.3 a 7
    1 João 1.9
    2 Timóteo 2.22
    Gênesis 39.7-12
    João 16.24
    Apocalipse 22.1-5
    Salmo 119.

Leave a Reply